OFICINA

Perfil

MONIQUE LAFOND, filha de franceses, começou sua carreira ainda criança fazendo comerciais. Aos 11 anos, participou do espetáculo musical “Música Divina Música”, uma versão do filme “A Noviça Rebelde”, que foi trazido da Brodway. Logo em seguida, teve a oportunidade de trabalhar três anos ao lado de Glauce Rocha, Darlene Glória e Jorge Dória, na peça “Os Pais Abstratos”, de Pedro Bloch, com direção de João Bethencourt.

Em 1969, Monique faz seu debut no cinema nacional no longa-metragem “Um Whisky antes e Um Cigarro Depois”. Em 1970, profissionalizou-se como modelo e manequim, e ingressou definitivamente na sétima arte, onde trabalhou em mais de 50 filmes. Em 1980, recebeu o “Premio Air Frace”, hoje Louis Lumière, como melhor atriz do filme “Eu Matei Lúcio Flávio”. Participou de vários filmes como “Os Trapalhões”, foi musa do cineasta Walter Hugo Khoury – com quem trabalhou diversas vezes, destacando-se no longa-metragem “Paixão e Sombras”, que defendeu o Brasil no “Festival San Sebastian”, na Espanha, em 1976.

Na TV, foi convidada para ser “senhorita Júlia”, sob direção de Antunes Filho, e trabalhou em “Os Ossos do Barão”, “Fogo Sobre Terra”, “A Moreninha”, “Coração Alado”, e em varias outras novelas.

Participou de vários espetáculos de sucesso como “A Gaiola das Loucas”, “Constantina”, “Tributo”, “Um Edifício Chamado 200”, “O Santo e o Bicheiro”, entre outros.

Em 1999, fez parte do elenco da superprodução musical “O Abre Alas”, sobre a vida de Chiquinha Gonzaga, e do documentário, “Al 5 o Dia que Nunca Existiu”.

Desde 1998, ministra aulas de teatro para terceira idade. Atualmente está coordenando e dirigindo a Oficina de Teatro na Idade da Sabedoria, para maiores de 40 anos, no Teatro Gláucio Gil, em Copacabana.

Em 2003, Monique Lafond se a associou à produtora de vídeo digital e multimídia, IMPAR PRODUÇÕES.

Dando continuidade ao seu trabalho com a melhor idade, em julho de 2007 Monique começou a coordenar o CENTRO DE CONVIVÊNCIA CULTURAL DA IDADE DA SABEDORIA, no teatro Gláucio Gil, que oferece oficinas de canto coral, dança contemporânea, história da arte, roda de leitura, criação literária, conversa vai e vem…